sexta-feira, 5 de maio de 2017

Os 15 anos da irmã que eu não tenho

English: scroll down


"É só você de filha?" Não sei responder! Filha biológica? Sim, sou só... mas em raras ocasiões sou a única em casa...

Há 18 anos minha família se envolve no cuidado de crianças institucionalizadas. Isso fez minha infância e adolescência um pouco diferente... sempre no meio do cuidado de tantos irmãos e irmãs que já nem sei contar. No convívio em casa, tantas histórias... todos eles se foram, mas as memórias continuam aqui. As marcas de suas vidas em nós permanecem.
Acompanhei os primeiros passinhos, as primeiras palavras... troquei as fraldas, aprendi a arrumar cabelo black (rsrsrs), ensinei a se comportar bem e ela aprendeu sobre o amor de uma família. Ela amava tomate, pão integral e chocolate! Quantas vezes dormiu no meu colo! Vi uma criança revoltada e com uma história tão triste se tornar o bebê mais doce, que todos admiravam por onde íamos!
Hoje minha "primeira irmã" faz 15 anos! Queria muito estar perto e celebrar com ela essa data especial, já que ela estava lá na minha festa.
Deus não nos permitiu adotar, e minha festa de 15 anos foi a última vez que a vimos... (ela foi adotada por outra família) que misto de emoções foi esse dia! Minha festa e ao mesmo tempo nossa despedida. 

"Querida mana (como vc me chamava)! Você nem deve lembrar de mim, ou da minha família, mas nós te amamos e ainda lembramos de você com muito carinho! Ainda oramos por você e desejamos que Deus continue cuidando de você. Espero que seu dia seja de muita alegria hoje. 
Amo você!
Feliz Aniversário, 

Ass. sua irmã de coração"


English:

Are you an only child? I do not know how to answer! Biological daughter? Yes, It's just me ... but on rare occasions I'm the only one at home ...
For 18 years my family has been involved with care of institutionalized children. It made my childhood and adolescence a little different... always taking care of so many brothers and sisters that I can't count anymore. In the daily living at home, so many stories ... they are all gone, but the memories are still here. Their marks in our lives remain.
I watched her first steps, her first words... I changed diapers, and I had to learned how to deal with her black power (rsrsrs), I taught her how to behave well and she learned about the love of a family! She loved tomato, whole bread and chocolate! How many times she fell asleep on my lap... I saw a rebel child with such a sad and tough story become the sweetest baby that everybody loved!
Today my "first sister" is turning 15 years old! I wish I could be with her, to celebrat with her these special day, since she was there at my party.
God did not allow us to adopt her, and my fifteenth birthday party was one last time we saw her... (cuz she was adopted by another family) What a bitter-sweet feeling that day was! My party and at the same time our goodbye.

"Dear sis (as you called me)! You probably do not even remember me, or my family, but we love you and we still remember you very affectionately! We still pray for you and we wish God continues to care for you. I hope that you have day of great joy today!
I love you!
Happy Birthday,

Love, Your sister"


Nenhum comentário:

Postar um comentário