segunda-feira, 25 de junho de 2012

“Eu escolhi esperar... e agora?” #4







Último post da série, com o que eu considero o mais negligenciado dos conselhos, porém um dos mais importantes:


3) Desenvolva amizades LEAIS!
Invista em amizades profundas e construtivas! Esse tipo de amizade geralmente não é confortável, mas é benção do Senhor para a nossa vida. Nossa tendência NATURAL é buscar amigos que nos apóiem em tudo, que nos deixem confortem quando precisamos (aquele que é 'parcero' e passa a mão na cabeça da gente quando contamos nossas mancadas) ; amizades leais vão contra essa tendência!

Podemos sim ter “amigos” que não conhecem Jesus ou que são mais novos na fé, mas esses serão alvo de nossas orações e para estes seremos conselheiros e modelos... é importante percebermos quem está sendo influência na vida de quem nesses casos!
A Palavra, porém, nos aconselha a buscar amigos leais, estes são os que suprirão nossa necessidade de “amor de amigo” (que comentei no post #2).
Com estes amigos leais teremos um relacionamento mais próximo, teremos conversas mais sérias e profundas, buscaremos conselho e companhia para orar.
OBS: esses amigos leais devem ser mantidos mesmo quando estivermos namorando/casados... esse é um conselho preciosíssimo e muitas vezes esquecido.  Nenhum relacionamento romântico se sustenta se não houver outros relacionamentos de apoio! É um pouco do que eu já comentei no post #2 também, sobre não sufocar o namorado(a)... aquela história de "nós dois somos suficientes um para o outro e não precisamos de mais ninguém" é mentira!

Falando um pouco mais dessa amizade que devemos buscar, a Palavra nos mostra algumas características de um amigo leal:

* É sábio, conhece a Palavra e te desafia a crescer nesse mesmo conhecimento.
“Aquele que anda com os sábios será cada vez mais sábio, mas o companheiro dos tolos acabará mal.” Pv 13:20

*São poucos os amigos assim! Então esteja certo de que não serão muitos, mas serão preciosos os amigos leais!
“Quem tem muitos amigos pode chegar à ruína, mas existe amigo mais apegado que um irmão.” Pv 18:24

*É sincero, constante.
“Assim como os perfumes alegram a vida, a amizade sincera dá ânimo para viver.” Pv 27:9 

E a característica que eu acho que deve ser a mais marcante... a prova derradeira de uma amizade leal:
*Ama o Senhor sobre todas as coisas e preza mais os princípios da Palavra do que o próprio conforto ou a amizade de vocês
“Melhor é a repreensão franca do que o amor fingido.
Leais são as feridas feitas pelo amigo, mas os beijos do inimigo são enganosos.” Pv 27:5-6








Um último conselho que ouvi e foi como uma martelada no meu estômago, o Senhor falou direto comigo e eu decidi e mudei muita coisa depois disso:

O verdadeiro amigo te aproxima do Senhor, quem não te aproxima do Senhor é teu inimigo!


Não tenha medo de decidir pelo Senhor, Ele é Deus e SEMPRE está no controle! Confia como um filho(a) no colo do Pai! Se você não consegue confiar, é porque não sabe direito o Pai que tem! ;) 

terça-feira, 19 de junho de 2012

“Eu escolhi esperar... e agora?” #3




Continuando a série de posts, vamos para o 2º conselho para aqueles que já decidiram esperar por alguém que o Senhor tem preparado pra você, mas que ficam se perguntando "tá, e agora?"
Para aqueles que já entenderam que a verdadeira espera implica fazer com que o seu mundo não gire mais em torno deste assunto... Ele está cuidando disso pra você!

Então, além de aprender com a sua família e investir o seu tempo na vida deles...


2) Sirva ao Senhor naquilo que Ele tem te confiado HOJE! Não caia no engano de que “Ainda não sou capaz, o dia que o Senhor me der um marido/esposa vou ser ‘maduro’ o bastante e poderei fazer muitas coisas pra Deus!”  ISSO É MENTIRA!!
Acorda minha filha(o)!! Se você não serve hoje que tem todo tempo livre e só depende de autorização dos seus pais, servirá muito menos quando forem duas pessoas! Você terá o dobro de desculpas, o dobro de dificuldades... 

Seja fiel ao que o Senhor tem te pedido para fazer hoje, mesmo que sejam tarefas simples e não pareçam importantes. O Senhor está vendo tua fidelidade e está moldando teu caráter mesmo em coisas que parecem tão "bobas". 
E mais uma vez, se você não sabe o que o Senhor tem lhe pedido pra fazer, já buscar a Ele primeiro e não a um(a) namorado(a). É a mesma dica que dei no post anterior... se você sequer conhece a direção de Deus pra sua vida, como quer que Deus direcione outra pessoa pra dividir a vida com você? Dois "perdidos" andando sem rumo? hahahaha acho que o Senhor não escreveria uma história assim... Se você ainda não sabe o que o Senhor tem te pedido é sinal de que ainda há outras coisas para buscar antes de um relacionamento!    

Além de ser um tempo para servir ao Senhor... quero desfazer aqui uma mentira na qual acreditei por muito tempo... que estamos nesse período de espera como que no banco de reservas de um jogo, que esse tempo não serve pra nada, que estamos aqui "esperando no Senhor" enquanto os outros estão "vivendo". Essa mentira me fez ficar triste e desanimada muitas vezes, até que o próprio Senhor me fez entender uma verdade preciosa sobre esse tempo de solteira(o):  

O tempo de solteiro não é um desperdício de tempo, uma fase inútil que se poderia pular ou uma condenação a ficar sentado no banco, mas um tempo que Deus separou especialmente para fazer de você o que Ele quer que você seja, e para usá-lo de formas que poderiam ser impossíveis após o casamento. 
O tempo de solteiro deve ser usado para cultivar as virtudes que pertencem a um homem/mulher de Deus, para assim poder oferecer a sua futura esposa/marido e ao mundo algo mais do que apenas um rosto bonito.
Lembre-se no seu tempo de solteiro que você não é o único solteiro, mas sua futura esposa/marido está passando pelo mesmo estágio que você. Não seria terrível finalmente conhecer a mulher/homem que irá se tornar sua esposa/marido só para descobrir que ele usou seu próprio tempo solteiro para servir a Deus e preparar-se para ser um marido/esposa melhor para você, enquanto que você não usou a liberdade de seu tempo solteiro para servir ao Senhor, nem tirou vantagem alguma do treinamento que Deus lhe ofereceu? Também não seria terrível perceber que seu marido/esposa passou seus dias como solteiro orando diariamente por suas necessidades e pela obra de Deus na sua vida, enquanto você sequer orou por ele (a), nem respondeu à graça de Deus que lhe foi dada como um resultado das orações dele(a)?

Então você que, como eu, tem vivido essa fase muito importante, não perca mais um minuto sequer desse tempo precioso que o Senhor tem preparado pra você. Tire proveito de cada oportunidade que o Senhor lhe der, deixe-se ser moldado e usado por Ele conforme a Sua vontade!
Recentemente vi a história de uma amiga que entendeu essa lição do Senhor... o noivo dela escreveu em uma carta para ela "espero que você tenha desfrutado do seu tempo de solteira e vivido todos os propósitos que o Senhor tinha para você nesse tempo assim como eu fiz, para que agora possamos começar uma nova fase juntos, como uma nova família para glória dEle". Que felicidade a dela em poder responder "sim, eu vivi e aprendi o que o Senhor tinha pra mim nesse tempo, estou pronta pra essa nova fase"... também quero poder ouvir e responder o mesmo para aquele que o Senhor tem pra mim!
E você?





terça-feira, 12 de junho de 2012

“Eu escolhi esperar... e agora?” #2



Então, ok. Estamos acertados desde o último post que é preciso esperar pela pessoa que o Senhor tem pra nós, pelo tempo dEle..porque nós somos falhos! Mas chega de só nos falarem de "padrão de namoro cristão" ou que "é preciso esperar"... já entendemos isso e estamos dispostos a obedecer... mas e agora, o que mais?

1º precisamos saber que não existe apenas o amor de um namorado (a)
Em grego (uma das línguas na qual a Bíblia foi originalmente escrita), há quatro palavras para amor:
Storge- que geralmente se refere ao amor dos pais
Eros- um amor entre homem e mulher
Philea- um amor fraternal, entre amigos/irmãos
Ágape- um amor que se dá, ou amor sacrificial de Deus.

e por mais que o Senhor lhe dê alguém especial, essa pessoa não poderá lhe dar todo amor de que você precisa! O Senhor nos criou com essa necessidade de "diferentes tipos de amor". Se colocarmos toda essa carência apenas sobre uma pessoa, ela acabará sufocada e o relacionamento não será saudável!

repito:
Não devemos buscar um(a) namorado(a) que nos complete! Tudo que precisamos está no Senhor. Devemos ser primeiramente completos nEle e Ele mesmo nos dará alguém que nos fará transbordar pra Sua glória.

Existe muito a ser feito enquanto o Senhor não lhe dá essa pessoa especial! Nesse post falo um pouco sobre a 1ª de uma série de 3 coisas para se fazer nesse tempo

1) Aproveite como solteiro para investir em sua família! Aprenda com eles o máximo que puder! Eles são os amigos que Deus escolheu pra você. 
O Senhor mesmo escolheu esse grupo de pessoas para te fazer conviver e Ele sempre sabe o que faz! Aprenda dEle o que tiver que aprender através da vida deles, ouça conselhos (sempre submetendo-os à Palavra), aprenda com a história de vida deles! Se eles não conhecem o Senhor, aproveite enquanto está mais próximo para influencia-los (tende a ficar mais difícil quando você for morar em outra casa depois de casado!)
A Palavra nos aconselha a fazer isso!

"Ouça, meu filho, a instrução de seu pai e não despreze o ensino de sua mãe." PV. 1:8

"O filho sábio acolhe a instrução do pai, mas o zombador não ouve a repreensão." PV 13:1

"Ouça o seu pai, que o gerou; não despreze sua mãe quando ela envelhecer." PV 23:22

Talvez o Senhor ainda não tenha lhe dado aquela pessoa especial porque deseja ensinar algumas lições com as pessoas que já fazem parte da sua vida... em Sua infinita graça e misericórdia o Senhor pode estar tentando trabalhar em você através da sua família para prepara-lo para ser um esposo melhor!
Então ao invés de ficar aí orando "Anda logo, Senhor! Eu já estou esperando faz tempo!" ou mesmo murmurando e dizendo que o Senhor esqueceu de ti, entrega (de verdade) essa espera, esse futuro na mão do Senhor e preste atenção no que o Senhor está querendo fazer em ti e através de ti no presente! Tire um tempo pra investir na sua família!




Em breve o 3º post com mais conselhos sobre o que fazer durante a espera...

segunda-feira, 4 de junho de 2012

“Eu escolhi esperar... e agora?” #1




Já que estamos novamente no mês em que tudo e todos (pelo menos no que diz respeito à mídia) gira em torno dos namorados, resolvi colocar no ar uma série de posts para aqueles que como eu são solteiros(as). 
Mais uma vez escrevo aqui sobre aquilo que o Senhor tem tratado comigo!
Bom, tem se tornado cada vez mais conhecido no Brasil o movimento do Eu Escolhi Esperar... que é uma benção! (e do qual eu faço parte também!!) Ao menos aqui no meu círculo de convivência, porém, eu vinha sentindo falta de uma Palavra que fosse além do "A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual." 1 Tes 4:3

É claro que esse texto é correto, e tenho decidido obedecer! Mas comecei a pedir ao Pai uma Palavra específica sobre o que fazer além dessa escolha de esperar... (porque, vamos combinar né? A gente decide esperar por alguém do Senhor.. e daí? Faz o quê? Fica lá sentado em casa, vendo TV.. aí domingo vai pra igreja, senta no banco e espera o varão, ou a varoa, cair na sua cabeça?)  e então o Senhor me deu esse título:


“Eu escolhi esperar... e agora?" O que fazer no tempo da espera!


Durante o mês de junho, então, vou colocar aqui essa série de estudos que o Senhor tem falado... mas antes de falar propriamente sobre o que fazer no tempo da espera, queria só repassar algumas coisas que vocês já devem estar carecas de ouvir nas suas igrejas, mas quero ter certeza de que todos estamos falando a mesma língua e temos a mesma base:



Primeiro, sobre o papel do namoro... pra conhecer melhor alguém que já tenha objetivos comuns aos os nossos, que combine. Não caia no engano que convivendo com você essa pessoa vai mudar de objetivo de vida! Se você tem chamado pra ser missionária em outro país, por exemplo, e o cara nem acredita que exista essa coisa de chamado, vai orar!! O Senhor pode todas as coisas, não você! Ora e espera o Senhor mudar o coração dele (ou o seu!). Antes disso tudo, você precisa ter claro quais são os objetivos de Seu pra sua vida (pra depois saber se combinam, né?), então se você não sabe bem quem você é diante do Senhor, já fica a dica... que talvez ainda não é hora de pensar em namorar... ;)
Acredito que o namoro é também, um tempo de preparação e crescimento ao lado daquele(a) com quem você planeja dividir a vida! Ou seja, a gente só deve namorar se vê que aquela pessoa é (ou pelo menos parece) aquilo que você pede a Deus como marido(esposa)! 

Segundo, acredito que um namoro entre cristãos deve ter um padrão de santidade, com cuidado de não defraudar a outra pessoa! (nem vou entrar na questão de namoro entre um cristão e um não cristão, porque eu creio que a bíblia é bem clara sobre isso: Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas? II Cor 6:14)
Então, sobre esse cuidado, Defraudar... é palavra difícil né?
Só pra esclarecer... defraudar é uma mistura de enganar, roubar e extorquir. Nós enganamos quando excedemos em certas intimidades, com as quais não temos como nos responsabilizar pelos desdobramentos físicos e emocionais. Nós roubamos quando temos um tipo de relacionamento e intimidade que não são próprios do namoro. Quando não podemos assumir as condições necessárias de segurança, estabilidade e durabilidade. Nós extorquimos quanto usamos de chantagens emocionais para satisfazermos nossas intenções egoístas de prazer, sem considerar as conseqüências do que estamos fazendo ou intencionando.
É preciso ser muito sincero no namoro e deixar claro os limites (que são diferentes até certo ponto, pra cada pessoa) pra que um não faça o outro pecar!


E por último, sim, também acredito que namoro é um relacionamento sério, que deve ter como objetivo final o casamento... e não apenas um passatempo para suprir uma carência de atenção ou de carinho, ou só porque é legal, ou porque "todos os meus amigos tem namorada".
Antes de encerrar, alguns conselhos.. frases curtas que servem pra gente refletir sobre esse assunto:

*Não devemos buscar um(a) namorado(a) que nos complete! Tudo que precisamos está no Senhor. Devemos ser primeiramente completos nEle e Ele mesmo nos dará alguém que nos fará transbordar pra Sua glória.

*Assim como um fruto colhido antes do tempo é azedo e não agradável para comer, o fruto que não é colhido no tempo apodrece no pé! Busque no Senhor o tempo certo para agir e para esperar (lembre-se que Ele poderá usar outras pessoas que tem uma vida séria com Deus para fazer você entender esse tempo).

*Coisas boas também podem nos afastar do Senhor! Elas podem desviar nosso foco! Precisamos ter cuidado para não desviar os olhos do Abençoador por causa da benção que recebemos, nada pode tomar o lugar do Senhor na nossa vida, Ele e só Ele deve ser o centro!